Menu 
Impermeabilização de aterro sanitário – Santo André – SP | INOVAGEO

case-aterro-sanitario-semasaIMPERMEABILIZAÇÃO DE ATERRO SANITÁRIO COM GEOMEMBRANA DE PEAD NEOPLASTIC
SANTO ANDRÉ – SP

 

AUTOR:
Departamento Técnico de Geomembrana NeoPlastic
Eng° Daniel M. Meucci

 

1. INTRODUÇÃO
O trabalho em questão apresenta e descreve a aplicação de Geomembrana de PEAD NeoPlastic, Geocomposto Bentonítico e Geotêxtil não tecido, para impermeabilização de Aterro Sanitário em Santo André/SP.

2. DADOS DA OBRA
Tipo de Obra: Impermeabilização de Aterro Sanitário;
Local da Obra: Santo André / SP
Cliente: Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André – Semasa
Segmento: Gerenciamento de Resíduos
Tempo de execução da instalação do material: Início em 26/11/2013 e término em 19/12/2013.

3. RESUMO DA OBRA
Foi executada aplicação de Geossintéticos para impermeabilização da Fase I da ampliação do Aterro Sanitário do Município de Santo André/SP. A ampliação do aterro se deu por conta do esgotamento da vida útil da área que estava disponível para disposição de resíduos.
Esta fase em questão receberá resíduos de Classe II A (não inertes), apenas do Município de Santo André, e estima-se que fique ativa por 2 anos.
Em breve será iniciada a Fase II da ampliação.
Nesta área foram aplicados o Geocomposto Bentonítico e a Geomembrana de PEAD NeoPlastic, visando uma impermeabilização de alta eficiência e Geotêxtil não tecido, servindo como proteção mecânica à camada impermeabilizante, além de ser utilizado, também, para execução do sistema de drenagem.

4. PRODUTOS APLICADOS

Produtos aplicados:

o Geomembrana de PEAD lisa de 2,00 mm;
o Geocomposto Bentonítico (GCL) de 5,0kg/m2;
o Geotêxtil nãotecido RT-31 (600 g/m2);
o Geotêxtil nãotecido RT-16 (300 g/m2).

Área de material fornecido:

o Geomembrana – 21.508 m2;
o Geocomposto Bentonítico – 21.508 m2;
o Geotêxtil nãotecido RT-31 – 21.508 m2.
o Geotêxtil nãotecido RT-16 – 6.172

5. SOLUÇÃO
Os seguintes geossintéticos foram aplicados para a impermeabilização da Fase I da ampliação do Aterro do Semasa: Geocomposto Bentonítico (5,0kg), Geomembrana de PEAD NeoPlastic preta e lisa de 2,0mm, Geotêxtil não tecido RT-31 e Geotêxtil nãotecido RT-16.
A aplicação do GCL (Geocomposto Bentonítico) se deu sobre camada de 50 cm de solo compactado para atribuir maior proteção e substituir parte da camada de solo compactado, já que apresenta permeabilidade inferior.
Sob esta camada compactada, foi colocado sistema de drenagem de segurança, o qual irá controlar o nível do aquífero, permitindo a fuga desta
água e evitando que prejudique o sistema de impermeabilização, exerce também, função de dreno testemunho. Estes drenos foram construídos no
formato de espinha de peixe, sendo feito o uso de brita e do Geotêxtil não tecido RT-16, para filtrar sólidos finos que podem prejudicar o sistema de drenagem.
Diretamente sobre o GCL foi aplicada a Geomembrana de PEAD NeoPlastic com espessura de 2,0mm, conferindo menor permeabilidade ao
sistema de acordo com a especificação do projeto. Após a aplicação da Geomembrana, foi instalado Geotêxtil não tecido RT-31, o qual irá evitar o
contato direto da membrana com os resíduos descartados, conferindo proteção mecânica à membrana.

Sobre o sistema de impermeabilização, foi compactada nova camada de 50cm de solo, garantindo maior proteção. Nesta última camada de solo, foi colocado sistema de drenagem de percolado, construídos da mesma forma que os drenos de segurança (testemunho), onde foi utilizado, novamente, o Geotêxtil não tecido RT-16.

6. RESULTADO DA OBRA
Com a aplicação da Geomembrana de PEAD NeoPlastic, do Geocomposto Bentonítico e do geotêxtil não tecido, é possível proporcionar os seguintes benefícios:
• Ganho de volume no Aterro para disposição dos resíduos pela substituição de parte da camada de solo compactado;
• Permeabilidade extremamente baixa da Geomembrana de PEAD NeoPlastic;
• Não contaminação do solo pela infiltração de percolado e, consequentemente, de aquíferos subterrâneos que podem estar presentes na região;
• Alta resistência mecânica, química e aos raios UV, aumentando a vida útil do sistema;
• Maior controle de qualidade pela aplicação de produtos manufaturados
• Facilidade de instalação;

7. ACOMPANHAMENTO DA INSTALAÇÃO
Instalador: EMBU Impermeabilizações

case-aterro-sanitario-semasa-1 case-aterro-sanitario-semasa-2 case-aterro-sanitario-semasa-3

case-aterro-sanitario-semasa-4